ad

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, nas regiões metropolitana de Curitiba (PR) e Oeste do Paraná, durante o último final de semana, mais de R$ 3 milhões em cigarros contrabandeados do Paraguai, além de drogas, celulares e agrotóxicos.

Na sexta (17), por volta das 21 horas, agentes da PRF abordaram um caminhão, que era conduzido por um homem de 39 anos, morador de Umuarama (PR), na BR 277, em Balsa Nova (PR). Durante a vistoria, os policiais encontraram cerca de 150 mil carteiras cigarros contrabandeados do Paraguai. O motorista havia dito que o caminhão estava vazio. Diante dos fatos, ele, o caminhão e os cigarros foram encaminhados à Polícia Federal em Curitiba para o registro do crime de contrabando.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No início da madrugada de sábado (18), na BR 467, em Toledo (PR), agentes da PRF visualizaram que um comboio de carros realizaram manobras bruscas no momento em que visualizaram a viatura da PRF. Após perseguição, os policiais conseguiram abordar um motorista de um Ford Focus, de 30 anos, morador de Londrina (PR). Durante a vistoria, foram verificados cerca de duas mil carteiras de cigarros, além de 300 quilos de agrotóxicos e um rádio comunicador. O motorista foi preso e conduzido à Polícia Federal de Cascavel (PR) para o registro do crime de contrabando e telecomunicação clandestina. O carro e os materiais apreendidos foram encaminhados à Receita Federal em Cascavel.

Mais tarde, por volta das 3h30, ainda na BR 467, em Toledo, agentes da PRF abordaram um Fiat Uno, ocupado por dois homens, um de 50 anos, morador de Patos de Minas (MG) e outro de 35 anos, morador de João Pinheiro (MG). Diante do nervosismo dos ocupantes, os policiais intensificaram as buscas e encontraram 38 celulares importados irregularmente, escondidos dentro da lataria do carro e no bagageiro.

Os produtos foram encaminhados à Receita Federal em Cascavel e os dois homens apresentados na Polícia Federal. Um dos ocupantes foi presos em flagrante pelo fato de ser reincidente no crime de descaminho.

Na tarde de sábado (18), na BR 163, em Guaíra (PR), por volta das 18 horas, agentes da PRF abordaram um ônibus, onde cinco bolivianos (três homens e duas mulheres), moradores de Santa Cruz de La Sierra, transportavam cocaína, que após pesadas, totalizaram 17,5 quilos da droga.
A droga iria para Carazinho (RS). Os cinco foram presos em flagrante e conduzidos para a Polícia Federal em Guaíra para o registro do crime de tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Na madrugada de domingo (19), agentes da PRF deram ordem de parada a um motorista de caminhão de 47 anos, na BR 163, em Guaíra. O motorista não tinha documentos pessoais nem da carga e apresentava-se muito nervoso. Durante a vistoria, os agentes encontraram cerca de 500 mil carteiras de cigarros contrabandeados, avaliados em cerca de R$ 2,5 milhões.

O motorista, que foi preso, disse aos policiais que retirou o caminhão em Eldorado (MS) e o entregaria em São Paulo (SP). Ainda no veículo, os policiais encontraram diversas placas, uma vez que o caminhão utilizava placas falsas para despistar a fiscalização. Ele foi conduzido à Polícia Federal em Guaíra para o registro dos crimes de contrabando e adulteração de sinal identificador de veículo.

Portal Guaíra com informações da PRF