(IMAGEM ILUSTRATIVA)
ad

[dropcap color=”#dd3333″]U[/dropcap]m policial militar, um agente penitenciário e mais duas pessoas foram presas, na noite de sexta-feira (23), em Cascavel, após serem flagrados em uma estrada rural com produtos contrabandeados do Paraguai.

Segundo informações apuradas pelo portal Massa News e pela Rede Massa, um suspeito conseguiu fugir, mas deixou cair uma arma e já foi identificado, também como policial militar. Tanto o PM preso, quanto o foragido, são do 5º Batalhão de Londrina. O agente penitenciário é da Penitenciária de Londrina.

A mercadoria foi avaliada em cerca de R$ 200 mil, sendo a maioria celulares e câmeras fotográficas, além de carregadores. Além disso, foram apreendidos rádios comunicadores e as armas dos policiais.

Sesp

A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp), divulgou uma nota sobre a prisão do policial militar e do agente penitenciário. Segundo a pasta, “a Polícia Militar não compactua com desvios de conduta de seus integrantes e ressalta que, para qualquer situação potencial envolvendo policiais, busca a elucidação de todos os fatos, sendo respeitados os direitos ao devido processo legal. Internamente, as medidas cabíveis ao caso também serão tomadas pelo Batalhão ao quais os policiais pertencem e pela Corregedoria”.

Além disso, garantiu que o “Departamento Penitenciário determinou o afastamento imediato do servidor, que responderá a um procedimento administrativo junto a Corregedoria do Depen”.

Portal Guaíra com informações da Rede Massa