Na quinta-feira (20), a Polícia Civil (PC) de Guaíra, com apoio do BPFron e de Policiais Civis de Marechal Cândido Rondon, cumpriu dois mandados de prisão e apreendeu arma, munições, droga, cigarros contrabandeados e carregador de fuzil na cidade de Francisco Alves.

Um dos alvos, de 35 anos, trata-se do suspeito de ser o mandante do primeiro homicídio ocorrido na cidade de Guaíra em 2021, onde foi vítima Luiz Eduardo Firman, conhecido como “Duduzinho”. O segundo alvo da Operação, um homem de 36 anos, é o suspeito de ser o proprietário de um carregamento de 420 kg de maconha, que foi apreendido pela Polícia Civil de Guaíra em 30 de março de 2021 no bairro Vila Eletrosul. Em ambos os casos, a PC de Guaíra representou pelos pedidos de prisão, sendo estes deferidos pelo poder judiciário.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os dois homens encontravam-se foragidos, porém, as investigações da PC revelaram que estavam na cidade de Francisco Alves, em endereços distintos.

Nessa quinta, Policiais Civis e Policiais Militares do BPFron realizaram uma operação que culminou na prisão dos dois suspeitos.

Na residência do homem que possui mandado de prisão por homicídio, foi encontrada uma pistola calibre 9mm, 69 munições de 9mm e um carregador de fuzil calibre .556. O suspeito e uma mulher que se encontravam na casa, foram presos em flagrante.

No cumprimento do mandado de prisão do segundo foragido, os policiais perceberam que ao lado da residência, um veículo estava sendo carregado com cigarros de origem estrangeira, e os indivíduos empreenderam fuga no momento da abordagem policial. Na residência foram apreendidas diversas caixas de cigarros, aproximadamente 1,6 kg de maconha, além do veículo que estava sendo usado como transporte de contrabando.

As três pessoas presas na operação foram conduzidas para a Delegacia de Iporã e estão à disposição da justiça.

 

Portal Guaíra com Assessoria