ad

[dropcap color=”#dd3333″]A [/dropcap]equipe da Polícia Militar de Moreira Sales e do Serviço de Inteligência da 2ª Cia da PM de Goioerê efetuaram no final da tarde de quarta-feira, 23, a prisão de Bruna Maria da Silva, que estava com a prisão preventiva decretada pela Justiça.

Maanain, ocorrido no dia 17 de janeiro, e executado por dois adolescentes de Goioerê, que roubaram R$ 200. Ela teria orientado aos menores para que incriminassem outra pessoa, “caso a casa caísse”.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Quando foram apreendidos, os dois menores assumiram a autoria do roubo e disseram que agiram a mando de “Adriano dos Santos”, conhecido como “Pitico”, que foi preso em flagrante.

Na sequência das investigações, foi descoberta a suposta farsa e o delegado Anderson Romão solicitou a prisão preventiva de Bruna.

Também foi solicitada a soltura de Pitico, até que as investigações sobre o roubo sejam concluídas. Quando foi preso, Adriano dos Santos negou ter participação no roubo.

Portal Guaíra com informações do Goionews