ad

Um homem que alugou um carro em uma locadora de Londrina e tentou vendê-lo em Cascavel, como se fosse o proprietário, foi condenado pela 3ª Vara Criminal. O caso foi registrado em abril deste ano quando ele foi preso e ficou 40 dias atrás das grades.

Segundo a denúncia, na tarde do dia 18 de abril o acusado tentou vender o carro, mas foi impedido pela polícia. Após alugar o automóvel em Londrina, ele passou a anunciar a venda usando um perfil falso em rede social. A locadora tomou conhecimento do anúncio e do local onde o acusado poderia estar e acionou a polícia. Com base nas informações, a polícia encontrou o rapaz e ele foi preso e o automóvel apreendido.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O juiz Leonardo Ribas Tavares condenou o acusado por estelionato e fixou pena definitiva de quatro meses de reclusão, em regime aberto, mas que foi convertida em pena privativa de liberdade.

Portal Guaíra com informações da CGN