ad

[dropcap color=”#dd3333″]A[/dropcap]lex da Silva, acusado de estrangular e matar Priscila da Fonseca de 29 anos, no bairro Universitário foi condenado a 19 anos e 9 meses de prisão, na tarde de terça-feira (6).

De acordo com a 17ª promotoria do Ministério Público, o homem que foi julgado na tarde de ontem, teve condenação em regime fechado inicial.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Alex foi condenado por homicídio duplamente qualificado, com agravantes de feminicídio e asfixia.

O CASO
A mulher de 29 anos foi encontrada pela mãe com sinais de esganadura. A Polícia Iniciou rapidamente as investigações que apontavam o esposo como autor do crime.

Ainda na noite de 10 de julho, ele foi preso em Corbélia, para onde fugiu após assassinar a mulher. Com frieza, ele confirmou que asfixiou Priscila e a enrolou em uma coberta durante a madrugada e após o crime passou a noite utilizando drogas e na manhã seguinte foi para o trabalho em Corbélia, onde foi preso.

Portal Guaíra com informações da Catve