Faleceu nesta quinta-feira (19), a oitava vitima do acidente registrado no dia 02 de maio, na PRC-467, trecho conhecido como “curva do rodeio”, entre Marechal Rondon e Iguiporã.

O acidente envolvendo o ônibus da saúde da prefeitura de Pato Bragado, vitimou fatalmente sete pessoas.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A colisão envolveu uma carreta carregada com milho, cujo condutor fugiu após o acidente, mas horas depois foi identificado e preso. Ele alegou que não identificou o acidente e por isso deixou o local.

O caminhoneiro ficou preso por alguns dias, mas saiu da cadeia pública recentemente, mediante pagamento de fiança.

No inquérito policial, um dos passageiros do ônibus identificou o caminhão no acidente, dizendo que ele teria invadido a pista contrária, e estava tombando, quando colidiu contra o ônibus, retomou o equilíbrio e seguiu viagem, sem prestar auxílio.

O veículo de Pato Bragado era ocupado por vinte pessoas – entre o motorista da prefeitura e 19 pacientes que buscavam atendimento médico nas cidades de Toledo e Cascavel, sendo que sete morreram na hora: o motorista – o funcionário público Cesar Roberto Schaefer, 49 anos, popular “Tcheco”; além dos passageiros Claci Inês Specht Werlang, 50 anos; João Szczuk, 78 anos; Nelson Ditz, 74 anos; Ivone Carmen Gentelini, 69; Lurdes Monteiro, 61 anos; e sua filha Fabiana Monteiro, 32 anos.

Outros treze bragadenses foram encaminhados para atendimento médico, alguns em estado grave.

Na manhã desta quinta-feira (19), faleceu a oitava vitima do acidente, identificada como Cissi Margarete Doerzbacher, 54 anos.

Após o acidente, ela foi internada e como o quadro clínico apresentou melhoras, recebeu alta.

Na manhã de hoje, ela retornou ao posto de saúde de Pato Bragado para exames complementares, quando não se sentiu bem e caiu já sem vida.

A suspeita médica é de que ela tenha sofrido uma embolia pulmonar, decorrente do acidente que sofreu no último dia 02.

O corpo de Cissi Margarete Doerzbacher, 54 anos, será encaminhado a Policia Científica de Toledo para exame de necropsia.

Portal Guaíra com informações da Rádio Difusora