Após uma possível aplicação de lockdown em todo o estado do Paraná esta semana, mas que no fim resultou em medidas mais severas de quarentena para o enfrentamento da COVID-19 em sete Regionais de Saúde do estado: Curitiba e região metropolitana, Cascavel, Londrina, Foz do Iguaçu, Toledo, Cornélio Procópio e Cianorte. A atenção sobre o novo coronavírus não era mais nem a sua disseminação, mas sim o decreto assinado pelo Governador do Estado do Paraná.

As medidas, que entraram em vigor no dia 01/07 e têm duração de 14 dias (podendo ser prorrogadas por mais sete dias, ao depender de como estará a evolução do cenário epidemiológico da COVID-19 em cada Regional de Saúde), impactaram quase 6,3 milhões de pessoas, em 134 cidades do Paraná, conforme apuração do Portal Guaíra com dados do Governo do Estado do Paraná.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Guaíra, e mais 17 municípios, pertencem a 20ª Regional de Saúde de Toledo, por isso a cidade é uma das que se enquadra no decreto 4.942/2020 do Governo do Estado do Paraná, assinado pelo nosso Governador, Ratinho Júnior.

A equipe do Portal Guaíra traz para você agora como está, atualizada, a situação na nossa cidade, bem como na macrorregião oeste do Paraná e também a ocupação de leitos de UTIs e de leitos de enfermarias:

UTIs e enfermarias

Uma das principais justificativas para a promulgação do novo decreto, é a falta de insumos e sedativos, usados para os casos em que é necessário a intubação do paciente, bem como a falta de intensivistas (profissionais especializado para trabalhar em UTI), por conta da superlotação dos leitos de hospitais.

A equipe de reportagem do Portal Guaíra apurou a quantidade de leitos de UTIs adultas e pediátricas pelo SUS e em leitos exclusivos para pacientes com COVID-19, ou com suspeita de terem contraído o vírus, existentes na Macrorregião Oeste do Paraná, e os números são esses:

– Leitos Hospitalares de UTI para adultos do SUS exclusivos para pacientes suspeitos ou confirmados com COVID-19: são 108 leitos existentes, dos quais 71 estão ocupados, sendo assim 31 estão livres e a taxa de ocupação é de 66%;
– Leitos Hospitalares de UTI pediátricos do SUS exclusivos para pacientes suspeitos ou confirmados com COVID-19: são 02 leitos existentes, dos quais 1 está ocupado, sendo assim 01 está livre e a taxa de ocupação é de 50%;
– Leitos Hospitalares de Enfermaria para adultos exclusivos para pacientes suspeitos ou confirmados com COVID-19: são 166 leitos existentes, dos quais 87 estão ocupados, sendo assim 79 estão livres e a taxa de ocupação é de 52%;
– Leitos Hospitalares de Enfermaria pediátricos exclusivos para pacientes suspeitos ou confirmados com COVID-19: são 06 leitos existentes, dos quais nenhum está ocupado, sendo assim todos os 06 estão livres e a taxa de ocupação é de 0%;

Verde, Amarelo e Vermelho

O Portal Guaíra decidiu criar um tópico explicando como estão sendo avaliados e categorizados vários estágios da pandemia. Foi adotado o esquema de cores para apresentar o nível de perigo que a cidade, região, estado, país representa. Como estamos falando de cidades paranaenses, vamos utilizar o Paraná como exemplo.

O estágio verde é o inicial, o sinal de alerta, é quando a métrica utilizada está abaixo da incidência estadual. A cor amarela é a segunda, ela indica um estágio de atenção, em que a incidência está entre 50% e a estadual. Já a cor vermelha, é a última da escala e indica emergência, pois é quando o nível de incidência do local ultrapassa os 50% da estadual.

No Paraná, temos as seguintes métricas a serem análisadas: coeficiente de incidencia por 100 mil habitantes e coeficiente de óbitos por 100 mil habitantes.

– Coeficiente de incidência por 100 mil habitantes: no estado do Paraná, Cascavel ocupa a primeira posição, com um coeficiente de 695 e sinalizada na cor vermelha, também no vermelho está Toledo, ocupando a terceira posição estadual, com um coeficiente de 352. Já na 4ª posição, e na cor amarela, se encontra o município de Foz do Iguaçu, com o coeficiente de 325. O estado do Paraná, que é o número base, vem na sequência, com o número 227 de referência. Finalizando os municípios aqui da região, está a cidade de Umuarama, que se encontra na 15ª posição e marcada com a cor verde.

– Coeficiente de óbitos por 100 mil habitantes: na nossa região, apenas quatro cidades entraram para o gráfico da Secretaria de Saúde do Governo do Estado do Paraná, são elas: Cascavel, ocupando a segunda posição geral, na cor vermelha e com o índice de 11,6; na sequência vem o município de Toledo, este já na cor amarela, com um índice de 6,3 e ocupando a sexta posição estadual. Então vem o estado do Paraná, com o seu número de média geral e logo após aparece Foz do Iguaçu, na 19ª posição, cor verde e índice de 2,0, finalizando a lista da região, está mais uma vez o município de Umuarama, na cor verde, 20ª posição estadual e com o grau de incidência em 1,4.

Guaíra

Na nossa cidade, já foram 938 guairenses liberados do isolamento domiciliar, enquanto 200 seguem em monitoramento, 42 casos estão em investigação (esperando o resultado do exame). De todos os testes já realizados na cidade, 624 apontaram o resultado como sendo negativo, atualmente temos 21 casos ativos, 23 casos que foram confirmados como positivos já se recuperaram e até o momento a cidade registra um total de três óbitos causados pelo novo coronavírus.

Cascavel, Toledo, Foz

Nas maiores cidades da nossa região, a situação continua preocupante, segundo apurou a equipe do Portal Guaíra.

Cascavel registrou mais de 1.000 casos na última semana, chegando a um total de 3.142 pessoas infectadas pela COVID-19, destes, 2.697 já se recuperaram e 54 vieram a óbito decorrente de complicações causadas pelo vírus.

Na cidade de Toledo, o número de casos confirmados é de 1.410, com 463 recuperados e 18 óbitos. Ao todo, a cidade recebeu 2.594 notificações [casos confirmados, descartados (764) e que estão ainda em análise(420)]. Em se tratando de hospitalizações, o município conta com 19 pacientes internados em UTIs e 12 hospitalizados em quartos de enfermaria.

Já no munícipio de Foz do Iguaçu, ao todo 6.8865 já foram testadas para o novo coronavírus, os leitos de UTI se encontram da seguinte maneira: ao todo existem 35 leitos, dos quais 26 estão ocupados, ou seja, a taxa de ocupação atual se encontra em 74,2%. Já em se tratando de leitos de enfermaria, a cidade possui ao todo 62 vagas, das quais 20 estão em utilização, gerando uma taxa de ocupação de 32,26% (destes 46 pacientes internados, 32 estão confirmados de terem contraído a COVID-19, o restante ainda está aguardando o resultado dos exames).
Quando a questão é o número de casos, a cidade ultrapassou a casa dos mil, e agora registra um total de 1.063 casos confirmados, com um total de 11 óbitos (taxa de mortalidade de 1,03%), a cidade já teve 599 munícipes recuperados e 420 estão em isolamento domiciliar.

Cidades da Região

O Portal Guaíra também levantou dados das cidades que estão próximas da nossa, como: Umuarama, Terra Roxa, Palotina, Altônia, Iporã e Francisco Alves. E os resultados são os seguintes.

Em Umuarama já foram atendidas 1.355 notificações (que se encaixam qualquer sintoma gripal), de casos confirmados são 215, casos descartados são 794 e suspeitos 346. Dos casos confirmados, quatro estão internados em enfermaria, 158 em isolamento domiciliar e 59 já estão recuperados. Em se tratando dos suspeitos a cidade têm cinco adultos internados em enfermaria, um adulto internado em UTI e 340 pessoas em isolamento domiciliar.

Já em Terra Roxa, a situação está mais “tranquila”, são apenas 20 casos confirmados, dos quais oito já se recuperaram, restando apenas 12 casos ativos do novo coronavírus. De casos suspeitos a cidade registra 25 e de casos descartados o número chega a 100.

Indo para Palotina, os números aumentam um pouco, são 80 casos da doença confirmados, 49 recuperados e um óbito registrado devido a complicações causadas pela COVID-19. A cidade já registrou 71 casos descartados, mas segue investigando outros 70, dos quais 67 estão em isolamento domiciliar e os outros três em internamento hospitalar.

Já nas cidades menores, os casos também são menores, em Altônia, foram confirmados seis casos, onde quatro já se recuperaram e os únicos dois casos ativos estão em isolamento domiciliar. A cidade tem 48 casos suspeitos, 47 em isolamento domiciliar, um em internamento hospitalar. E 71 casos suspeitos já foram descartados no município

Em Iporã, até o momento apenas cinco casos foram confirmados, nenhum deles recuperador, também não foi registrado nenhum óbito na cidade e 19 pessoas seguem em análise (aguardando resultado de exames).

Já em Francisco Alves foram confirmados 12 casos do novo coronavírus, onde um já se recuperou, a cidade ainda não apresenta nenhum óbito causado pela doença e 27 pessoas aguardam o resultado do exame.

Demais cidades da macrorregião Oeste

Das demais cidades que compõem a macrorregião Oeste do Paraná e que o Portal Guaíra fez o levantamento de dados, Mercedes é que apresenta números menos preocupantes, são apenas seis casos confirmados, destes quatro já estão recuperados e os outros dois que estão ativos, estão em isolamento domiciliar. Na cidade, sete pessoas apresentaram sintomas de síndrome gripal e então em isolamento, aguardando o resultado do exame de COVID-19. E por falar em isolamento, 25 pessoas já foram liberadas do isolamento domiciliar, uma vez que 60 casos já foram descartados através dos exames.

Em Marechal Cândido Rondon, os casos vêm aumentando, ao todo já foram confirmados 131 casos do novo coronavírus na cidade, destes, 43 já estão recuperados, os outros 88 que seguem em tratamento, dois deles estão internados em UTI e 86 em isolamento domiciliar. Ao todo, a cidade já recebeu 1128 notificações e atualmente segue monitoramento 367 casos. Já foram liberados da quarentena 761 pessoas.

O município de Santa Helena, é o que mais têm casos registrados entre os três citados, chegando ao número de 148, destes, 61 seguem ativos, ou seja, 84 pessoas já se recuperaram do novo coronavírus. Dos casos ainda ativos, quatro estão internados em leitos de enfermaria. A cidade já registrou três óbitos relacionados ao COVID-19.

Paranaenses fora do Paraná

Ao todo, existem 280 casos confirmados de paranaenses, que estão fora do Paraná, que contraíram o novo coronavírus, 13 óbitos já foram registrados e 193 casos estão em investigação (aguardando o resultado do exame).

Panorama geral

Na semana que foi do dia 21/06 ao dia 27/06, houve um aumento de 23% dos casos na região Oeste do Paraná, passamos de 1.873 casos para 2.589 (716 casos novos).

Lembrando que as medidas por enquanto estão restringidas às Sete Regionais de Saúde já mencionadas, mas conforme apurado pela equipe do Portal Guaíra, se houver necessidade de inclusão de outra Regional de Saúde, em razão epidemiológica da COVID-19, o prazo do decreto (14 dias) passa a contar a partir do seu início para a Região em questão.

Fontes utilizadas para a realização desta reportagem: Boletim – Informe Epidemiológico Coronavírus (COVID-19) da Secretaria de Saúde do Governo do Estado do Paraná e Boletins Oficiais das Prefeituras e Secretarias de Saúde de cada município citado na matéria.

Redação Portal Guaíra