(Foto: Marcos Elieser - A Gazeta Web)

Dois criminosos assaltaram o escritório da C.Vale no distrito de Alto Santa Fé, em Nova Santa Rosa, na tarde desta segunda-feira (6), e em seguida efetuaram uma tentativa de assalto à agência Sicredi, anexa ao escritório da C.Vale.

A reportagem A Gazeta Web esteve no local e conversou com os funcionários, vítimas do assalto, e também estava presente no momento em que os policiais do BPFron (Batalhão de Polícia de Fronteira) recebiam as informações das vítimas, que contaram como se deu toda a ação dos criminosos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Entenda o caso

De acordo com as informações repassadas aos policiais pelos funcionários, os marginais chegaram em uma motocicleta e aparentavam estar nervosos, tanto que deixaram a motocicleta cair em frente à entrada do escritório, onde entraram armados, cada um com um revólver, ameaçaram os funcionários e pediram dinheiro.

De acordo com as vítimas, o objetivo dos marginais era assaltar a agência do Sicredi, mas provavelmente os criminosos se atrapalharam e entraram na porta errada, tanto que pegaram um funcionário e um produtor e levaram até a porta de acesso do Sicredi.

Eles tinham o objetivo de usar os reféns para tentar forçar a abertura do banco, que estava fechado neste momento.

Como todas as pessoas que estavam dentro da agência perceberam a movimentação dos criminosos por meio das câmeras de monitoramento e se esconderam, os criminosos acabaram convencidos que não havia mais ninguém no banco, por isso voltaram para dentro do escritório da C.Vale em busca de dinheiro.

Eles danificaram um notebook com uma coronhada, agrediram um dos funcionários e levaram cerca de R$ 2,5 mil em dinheiro, mais algumas folhas de cheques, que já foram canceladas.

A Polícia Militar de Nova Santa Rosa e o BPFron (Batalhão de Polícia de Fronteira) foram acionados e estão em diligência para tentar localizar os criminosos. Nenhum tiro foi disparado durante o assalto ao escritório da C.Vale e à tentativa de assalto ao Sicredi.

Portal Guaíra via Assessoria