Policiais Civis de Maringá foram notificados de um caso curioso na última quinta-feira (23). De acordo com informações do site Bonde, a mãe de uma menina morta no ano de 2009 foi até a delegacia divulgar o uso indevido de uma foto da filha.

A usuária Camila Jantovanni estaria utilizando uma foto de Camila Talita Barbine, morta a tiros pelo namorado na porta de uma boate, como seu avatar.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ainda de acordo com o site, o perfil é verdadeiro, mas a imagem é mesmo da outra mulher.

A mãe foi alertada por uma vizinha do uso da foto. O caso será investigado pela polícia. A usuária da rede social pode ser acusada por falsa identidade.

internauta

Fonte: CGN/Bonde