ad

Blogueiro e apresentador do ‘Domingo Espetacular‘, da Record, Paulo Henrique Amorim foi condenado a indenizar o diretor Geral de Jornalismo e Esportes da TV Globo, Ali Kamel. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (28). As informações são da Veja. Ainda cabe recurso, mas, por ora, a decisão da 35ª Vara Cível da Comarca do Rio de Janeiro é que Amorim pague R$ 50 mil de indenização por ter escrito textos associando Kamel ao racismo.

Ali Kamel, diretor de jornalismo da Globo, será indenizado por danos morais(Imagem: Reprodução)
Ali Kamel, diretor de jornalismo da Globo, será indenizado por danos morais
(Imagem: Reprodução)

Segundo o juiz Rossidelio da Fonte, da 35ª Vara Cível, jornalistas que divulgam fatos que não correspondem com a verdade precisam ser responsabilizados. “Quando um jornalista como réu divulga fatos que não correspondem à verdade, ou envolve cidadão sem averiguar a procedência de suas fontes e a veracidade das informações, levando os leitores a concluírem que o autor é racista ou apoia práticas racistas, há evidente responsabilidade passível da obrigação de indenizar”, argumentou.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Em 2011, Paulo Henrique Amorim já tinha sido condenado em primeira instância a pagar R$ 30 mil a Kamel por danos morais. Em seu blog, o apresentador da Record disse que o profissional da Globo “escreveu um livro racista para dizer que não há racismo no Brasil”, em referência à obra Não Somos Racistas – Uma reação aos que querem nos transformar numa nação bicolor, lançada por Kamel na época.

Fonte: Comunique-se