Centro Náutico Marinas será o local da largada
Centro Náutico Marinas será o local da largada

A largada do maior rally de regularidade das Américas, promovido pela empresa Mundo Nav, com o apoio da Prefeitura de Guaíra e Jeep Clube de Curitiba, promete agitar o município a partir desta sexta (18).

Pela 13ª vez, a cidade sedia a largada do Raid Transparaná, que percorrerá 1,6 mil Km, de Guaíra até Caiobá, no litoral do estado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo o organizador da competição, Alex Kolling, os primeiros jipeiros já começaram a chegar e amanhã (sexta-feira, 18 de janeiro) será aberta a secretaria para oficializar as inscrições, distribuir kits e orientar os competidores. “Estaremos amanhã, das 14 às 20h, na barraca brasileira do Centro Náutico Marinas efetuando as inscrições. No sábado, a secretaria ficará aberta das 09h às 20h, e no domingo das 10 às 12h”, afirmou.

A solenidade oficial de abertura será realizada no domingo (dia 20 de janeiro), no Centro Náutico, às 17h, assim como o Super Prime (marcado para as 18h), corrida de apresentação na pista especialmente montada no Centro Náutico. A prova define o grid de largada. “O Super Prime é uma prova interessante porque dá uma prévia do que os pilotos enfrentam no percurso”, resume Kolling.

A programação no domingo ainda conta com uma largada promocional na avenida Mate Laranjeira, a partir das 21h30. A largada oficial acontece na segunda-feira (21), às 08h, também na avenida Mate Laranjeira.

Para o secretário de Esportes e Lazer, Sandro Hermosilla, o evento mobiliza a cidade e agrada os fãs de velocidade. “É um esporte que cada vez mais ganha adeptos e que em Guaíra já encontra um público cativo. Além disso, os jipeiros movimentam a cidade, aquecem o comércio e ajudam a divulgar o nosso município”, afirma.

O vice-prefeito Osmar Volpatto também aposta na tradição do evento. “O Transparaná há muito tempo tem em Guaíra uma referência. A população já se acostumou a receber os jipeiros nessa época do ano e em 2013 não vai ser diferente”, concluiu.