O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Marechal Cândido Rondon, no Oeste do estado, emitiu recomendação administrativa dirigida ao prefeito de Quatro Pontes (município da comarca) para que afaste do cargo o secretário municipal de saúde, ainda que provisoriamente. Conforme apurou o MPPR em inquérito civil, o secretário teria “furado a fila” da vacinação contra a Covid-19 para ser vacinado antecipadamente, fora da programação para pessoas da sua condição.

Conforme apurou o MPPR, o secretário teria recebido a vacina antes inclusive da enfermeira responsável pela aplicação do imunizante, em evento documentado pela imprensa local. Além dos efeitos da recomendação, o secretário está sujeito a sanções cíveis, criminais e administrativas pelo ato ilegal.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Inquérito civil MPPR-0085.21.000098-1.

Portal Guaíra com informações do MPPR