(Foto: Soninha Vill/GIZ)

A energia solar é um conceito que temos perseguido nos últimos anos para tentar encontrar uma maneira melhor de enfrentar o problema global de abastecimento de energia sem danos excessivos ao meio ambiente. É basicamente a energia obtida do Sol que pode ser convertida em uma energia que podemos usar, por exemplo eletricidade para energia térmica que será usada para aquecer ou resfriar ambientes. CLIQUE AQUI PARA UM ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO.

Seja por razões ambientais ou financeiras, as pessoas estão cada vez mais mudando para energia solar. Aqui estão algumas informações úteis para facilitar sua transição.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Energia Solar: Entendendo essa tecnologia

A energia solar é usada principalmente para gerar calor e produzir água quente ou eletricidade. As principais tecnologias renováveis ​​que permitem o aproveitamento da energia dos raios solares

Fotovoltaica

O painel fotovoltaico utiliza a radiação solar para produzir eletricidade através de alguns elementos semicondutores estimulados pela luz. Mais especificamente, são células fotovoltaicas feitas de silício que permitem converter a luz solar em eletricidade. Quando a luz atinge materiais semicondutores, os elétrons são canalizados e assim, produzem uma corrente elétrica.

Embora este tipo de sistema de energia solar não opere continuamente, mas apenas durante as horas em que há luz solar, ele pode atender às necessidades de locais isolados pois o sistema possui alta produção de energia solar podendo ser reservada.

Energia Solar: As principais vantagens CLIQUE AQUI PARA UM ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO.

Em todas as suas aplicações, a energia solar oferece inúmeros benefícios econômicos e garante o respeito ao meio ambiente.

Aqui estão as principais vantagens e desvantagens a serem consideradas antes de instalar um sistema que utiliza energia solar:

1)Sustentabilidade:
A aplicação de sistemas solares permite a geração de energia com baixo impacto ambiental, pois não necessita de matérias-primas fósseis para desencadear processos de combustão, portanto, não libera substâncias nocivas na atmosfera.

2)Recursos infinitos:
Até que o Sol se apague, podemos usar a energia que chega ao nosso planeta à vontade; de fato, a irradiância média que atinge a superfície da Terra é igual a 1000 W para cada metro quadrado de cobertura e está disponível para nós. Quando houver usinas solares com rendimentos que possam explorar 70/80 por cento das necessidades, a energia fotovoltaica será o método mais utilizado para a produção de energia.

3)Diversidade de aplicação:
A energia do Sol pode ser utilizada de diversas formas: com um sistema solar fotovoltaico, que converte a luz direta dos painéis em energia elétrica; com um sistema solar térmico, que permite utilizar o calor dos raios solares para aquecer um fluido, posteriormente utilizado, por exemplo, para aquecer casas; com um sistema solar termodinâmico, que reúne as duas características das primeiras plantas mencionadas.

4) Custos baixos:
Apesar de um custo de investimento significativo para a instalação de um sistema solar, quem optar por apostar nessa tecnologia verá o custo da conta de luz cair drasticamente, terá a tranquilidade de escolher a energia verde e será capaz de comercializar seu excesso de energia de volta para a rede nacional.

5) Facilidade de desmontagem e reutilização dos componentes dos painéis fotovoltaicos:
Ao contrário das usinas nucleares cujos resíduos são radioativos e difíceis de armazenar, as usinas solares não geram resíduos. Pelo contrário, até 95% de um único painel pode ser reciclado e, portanto, ter um impacto ambiental superficial. CLIQUE AQUI PARA UM ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO.

Portal Guaíra com Assessoria