Uma pessoa perdeu a vida após um grave acidente na rodovia PR-486, em Brasilândia do Sul.

O acidente ocorreu na tarde de sexta-feira no trecho entre Brasilândia do Sul e Assis Chateaubriand. O tempo estava chuvoso no momento da batida.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

As equipes da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Assis Chateaubriand e Ubiratã atenderam a ocorrência. Os veículos envolvidos são um GM/Cruze com placas de Tuneiras do Oeste/PR e um Fiat/Mobi emplacado em São Paulo/SP.

Foram acionadas equipes do Samu (aéreo e terrestre) de Toledo e do Corpo de Bombeiros de Umuarama para atendimento às vítimas.

De acordo com a PRE, o Cruze trafegava sentido Brasilândia a Assis Chateaubriand quando, no Km 87+900m, ocorreu o albaroamento transversal com o Mobi, que cruzou a pista.

No automóvel Mobi estavam todas as vítimas – um passageiro entrou em óbito, uma mulher e o condutor ficaram feridos. A

Polícia Rodoviária informou que o motorista de 54 anos, é inabilitado e teve ferimentos médios. Ele foi atendido pelas equipes de socorro e encaminhado para um hospital na região – não informado.

O passageiro João Carmo Maciel de 56 anos foi ejetado do veículo e morreu ainda no local. Devido à violenta colisão seu corpo foi arremessado para fora da pista e parou ao lado da cerca de uma cooperativa. De acordo com o site Policial Web ele é morador em Ercilândia, distrito de Brasilândia do Sul.

A passageira de 56 anos, foi socorrida em estado grave. O Tenente Willian Marques do Corpo de Bombeiros de Umuarama informou que, quando a equipe chegou ao local, uma vítima já estava em óbito, uma já havia sido encaminhada ao hospital, outra estava fora do automóvel sendo atendida e a senhora estava enclausurada dentro do carro. Os bombeiros auxiliaram o Samu na retirada da mulher – que acabou falecendo depois.

No Cruze estava apenas o condutor R.J.C., de 32 anos, que não teve ferimentos. O teste etilométrico teve como resultado 0,0 mg/l, ou seja, não houve ingestão de bebida alcoólica. Não foi possível fazer o bafômetro com o motorista do Mobi, que estava sendo atendido.

O Instituto Médico Legal (IML) de Umuarama foi acionado para recolher o corpo do homem que faleceu no local. A Polícia Científica também atendeu a ocorrência.

Portal Guaíra com informações do OBemdito