Deputado Estadual Elio Rusch (DEM)
ad

Declaradamente favorável ao impeachment da Presidente da República, o deputado estadual Elio Rusch aguarda confiante a aprovação na votação do Congresso neste fim de semana.

“Mais de seis milhões de cidadãos foram às ruas apoiar o pedido de impeachment apresentado por ninguém menos que Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT; esta é a real vontade da população, e confio que sairá vitoriosa neste domingo”, exaltou o deputado durante seu pronunciamento na tarde de hoje (13) na tribuna da Assembleia Legislativa.

Para o parlamentar, que foi diversas vezes interrompido por um reduzido grupo de manifestantes contrários ao impeachment sob gritos de “não vai ter golpe” presente nas galerias do Plenário, “golpe é assaltar a maior empresa do Brasil, a Petrobras; golpe é pegar dinheiro sem autorização legislativa nos bancos oficiais para bancar seus programas sociais; golpe é dizer para a sociedade que está tudo  às mil maravilhas quando na verdade o barco está afundando”.

Rusch mais uma vez foi enfático em seu pronunciamento ao criticar a hipocrisia e os métodos questionáveis de atuação do MST. Um dos integrantes do movimento foi preso em Brasília há dois dias portando alta quantidade de dinheiro vivo e alegou desconhecer sua origem. O MST, por sua vez, alegou desconhecer João Carlos dos Santos, o integrante preso, embora existam inúmeras fotos dele com a Presidente da República, ao lado do líder do MST João Pedro Stédile, bem como de outras fotos do referido ativista com o Senador petista Lindbergh Farias e também com o ativista Guilherme Boulos, líder do MTST. “Eu não estou inventando nada, as fotos estão aqui para comprovar”, enfatizou.

Portal Guaíra via Assessoria


CLINICA SALUTAR