ad

A quadrilha acusada de explodir no início da semana caixas eletrônicos do banco Bradesco, em Iporã, e do Banco do Brasil, em Goioêre, foi desmantelada pela Polícia Militar.

Abmiel Fernando Veloso da Silva, Alisson Rogério Correa dos Santos e o adolescente de 13 anos, conhecido como ‘Du’, foram presos na tarde de terça-feira, em Iporã.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo informações repassadas pela assessoria da PM, a prisão aconteceu quando equipes da Rotam do 7º Batalhão de Cruzeiro do Oeste estavam em patrulhamento pela Av. Presidente Castelo Branco e por volta da 15 horas avistaram o veículo Fiat Stilo, de cor prata, placas DXU-7892, de Campinas/SP, em atitude suspeita.

Na abordagem, verificaram que o condutor, Abmiel Fernando Veloso da Silva, não portava seus documentos pessoais e nem os documentos de porte obrigatório do veículo. No banco do passageiro estava o mento ‘Du’.

A equipe suspeitou do veículo por ser semelhante ao carro usado no arrombamento do caixa eletrônico do Bradesco, em Iporã. O veículo foi encaminhado à 2ª Cia da PM para investigações mais detalhadas. Enquanto isso, outra equipe logrou êxito em encontrar duas testemunhas que afirmaram ter visto o veículo próximo ao banco no dia do delito.

Por meio das filmagens internas das agências confirmaram que se tratava do mesmo veículo apreendido. Em seguida, Alisson compareceu à 2ª Cia dizendo ser o proprietário do veiculo. Com ele estava a mãe do Dú, o qual foi reconhecido nas filmagens internas das agências. A mãe do menor disse aos policiais que na manhã de domingo, 6, o trio chegou em sua casa com o veículo Stilo e que nas noites de segunda e terça-feira, datas dos delitos, os três saíram com o carro. A equipe então foi até a casa.

Um quarto integrante da quadrilha estava na residência e ao ver a viatura acabou fugindo. Dentro da residência, os policiais encontraram as roupas usadas nos crimes. Diante das evidências, os três acabaram confessando a autoria e foram levados para a delegacia.

Alisson e Abmiel foram autuados por tentativa de furto, dano e formação de quadrilha. O adolescente foi apreendido. O trabalho de investigação e prisão da quadrilha contou com apoio das Policias Civil e Militar de Goioêre e Iporã.