ad

A Sanepar apresentou uma proposta de aumento de 12,2% na remuneração dos diretores, membros de conselhos e de comitês para o período entre abril de 2019 e abril de 2019. A proposta, entre outras questões fiscais e administrativas da empresa, será votada em assembleia geral de acionistas na quarta-feira (24).

De acordo com a proposta da administração, a remuneração anual total destes executivos aumentaria dos atuais R$13.918.443,49 para R$ 15.622.434,79.

Apesar do aumento estar na pauta, o diretor-presidente da Sanepar, Cláudio Stabile afirma que o reajuste não será aplicado.

“Isso não vai ocorrer. É feito um pedido de praxe, foi feito no ano passado, ano retrasado. Mas posso garantir que nenhum diretor nem empregado com função gratificada terão aumento. Os salários estão congelados”, afirmou Stabile.

Segundo o diretor-presidente da companhia, os funcionários de carreira receberão a correção sobre os salários de carreira. “Mas não nas remunerações gratificadas, como diretores ou coordenadores”, disse.

Tarifa
O aumento proposto na pauta é praticamente o mesmo que será aplicado na tarifa da água. O índice autorizado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) e homologado pela empresa foi de 12,3%.

Segundo Stábile, o índice segue a inflação anual do período somado à terceira parcela do diferimento dado em função da revisão tarifária em 2017.

“É a soma da inflação da Sanepar, de 7,56%, com aproximadamente 4,56% do diferimento, que independentemente do que a Sanepar faça, não tem como a não colocar na tarifa. Nós só cumprimos o que está na norma”, afirmou o diretor-presidente.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o aumento é superior à inflação do período. Segundo o órgão, a inflação acumulada entre maio de 2018 e março de 2019 somada à inflação projetada para abril é de 4,85%, o que representa um aumento real de 6,97%.

Portal Guaíra com informações do G1 PR


CLINICA SALUTAR