Flagrado por câmeras de segurança em um momento bastante íntimo, o prefeito de Tibagi, Rildo Leonardini, usou as redes sociais na terça-feira (30) para se desculpar. Pelo Facebook, ele disse entender a “impropriedade do local e do momento do ato” e garantiu que a situação não envolveu “qualquer prejuízo” aos cofres municipais.

Nas imagens, que foram divulgadas pelo Portal Metrópoles, Leonardini aparece abrindo a calça jeans e se envolvendo na prática de sexo oral com uma mulher, que supostamente seria uma garota de programa. O ato aconteceu durante a madrugada de 4 de abril. O prefeito estava na capital federal para participação na Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Em respeito aos meus familiares, amigos e especialmente à população de Tibagi, por esta declaração pública peço desculpas pela disseminação de uma mídia que veicula um momento íntimo em um local privado não apropriado. Entendo perfeitamente a impropriedade do local e do momento do ato e me penalizo por não ter sido rigoroso em meu controle emocional. Porém, ainda que não sirva de justificativa, ressalto a todos que, além de ser separado, não mantenho qualquer tipo de relação conjugal. Além disso, os atos veiculados ocorreram em situação absolutamente privada, em momento de folga, durante a noite, após o efetivo cumprimento de todas as minhas obrigações públicas e, por fim, não envolveu qualquer prejuízo aos cofres municipais”, disse o prefeito no Facebook.

A gravação foi feita em um hotel, com área comum a mais de 200 hóspedes.

Portal Guaíra com informações da Banda B