A Polícia Civil de Umuarama transferiu, na tarde dessa terça (17), por volta das 16h30, três dos presos acusados de praticarem diversos roubos a sacoleiros nas rodovias de Alto Piquiri, Umuarama e Goioerê e que ficou conhecida como “Piratas do Asfalto”.

Cleberson Bertolin de Oliveira, conhecido como “Cleber Bazuca”, Ailton Neto de Oliveira, vulgo “Pepê” e Allan Dias Monteiro, foram levados para a cadeia de Alto Piquiri, onde vão responder presos pelos crimes de roubo, receptação e formação de quadrilha.002

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Pollyana Gonçalves Dias Monteiro, 24 anos, irmã de Allan e esposa de Cleber não foi transferida e vai continuar presa na delegacia de Umuarama, pois a cadeia de Alto Piquiri não possui cela feminina.

O delegado Dr. Fernando Ernandes Martins, responsável pelas investigações e pela operação que culminou na prisão da quadrilha, também levou para Alto Piquiri os veículos apreendidos no último dia 13, data que a Polícia Civil deflagrou a “Operação Davy Jones”, que desbaratou a violenta quadrilha que tanto aterrorizou os viajantes oriundos do Paraguai.

Ainda segundo o delegado, os presos ficaram em Umuarama só o tempo necessário para serem interrogados, agora eles vão responder o resto do Inquérito e também o Processo Criminal na comarca onde os crimes foram cometidos e onde eles serão julgados.001

“Cleber Bazuca” e “Pepê” também vão responder pelos crimes de receptação, pois quando das suas prisões, os policiais flagraram veículos roubados nas suas posses. Cleber também será indiciado por porte ilegal de arma de fogo, pois no seu apartamento foi localizado um revólver calibre 357.

004

003

Fonte: Umuarama24horas