(Crédito: João Carlos Frigério/Paraná Online)

Uma criança de apenas 2 anos foi morta com um tiro na cabeça pelo próprio pai, na terça-feira (28). O crime aconteceu no bairro Guarituba, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba. Após o crime, o homem jogou o corpo da menina de um barranco na região de Roça Nova, próximo ao trilho do trem.

Marco Antônio de Oliveira Leal, de 36 anos, foi preso depois que os outros dois filhos, de 5 e 7 anos, avisaram a família sobre o assassinato da irmã mais nova, Vitória Emanuele de Oliveira. Na casa da mãe das crianças, os PMs descobriram que Marco Antônio estaria na região do Jardim Holandês e conseguiram capturá-lo, portando o revólver 38.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No início, ele disse aos policiais que a filha estava bem, na casa de um familiar no centro da cidade. Seguiram com as viaturas até a residência indicada e quando não encontraram a menina, voltaram a questionar Marco Antônio.

“Ele confessou que tinha matado a filha com um tiro e nos mostrou onde o corpo estava. Como o local é de difícil acesso, a perícia e o recolhimento só acabaram na madrugada”, disse o soldado Dranka, da PM.

De acordo com o relato das outras crianças, o pai saiu com elas dizendo que ia passear. Na região de Roça Nova ele teria se distanciado das duas e seguido adiante somente com Vitória.

“Elas disseram ter ouvido o tiro e como o pai voltou sozinho, jogaram a chave do carro no mato. Os três tiveram que voltar de carona”, comentou o soldado Carlos.

(Crédito: João Carlos Frigério/Paraná Online)
(Crédito: João Carlos Frigério/Paraná Online)

Fonte: Paraná Online/CGN