[dropcap color=”#dd3333″]F[/dropcap]oi preso o acusado de matar Rafaela Cristina Ferreira, 24 anos, no último dia 5 de março na cidade de Pérola. A detenção aconteceu na última quinta-feira (15) após ter sido expedido pela justiça o mandado de prisão preventiva solicitado pelo delegado de Pérola, Isaías Cordeiro.

Segundo informações da Delegacia da cidade, desde o início da investigação Edvane Paulin, 24 anos, era o principal suspeito. A Polícia Civil já estava em seu encalço, faltando apenas o mandado de prisão para concluir o trabalho.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Há alguns dias o acusado foi orientado por sua mãe a se apresentar. Inicialmente ele negou o assassinato, mas depois confessou o crime e contou detalhes que comprovaram a autoria.

De acordo com a investigação, o homicídio ocorreu em decorrência de uma discussão entre vítima e autor, que teria sido motivada pelo uso de drogas e desentendimento por dinheiro. Rafaela e Edvane seriam conhecidos, mas não há comprovação se tinham algum tipo de relacionamento amoroso.

O mandado de prisão foi cumprido na casa do acusado, que não ofereceu resistência. Ele está detido na carceragem de Pérola e já conta com várias passagens por furtos.

Relembre o crime
Rafaela foi encontrada morta dentro de sua própria casa, na avenida Pérola Byington, centro da cidade. O corpo da jovem estava na sala do imóvel onde residia, com sinais de pancadas na cabeça e degolada.

Ela deixou duas filhas, de 1 e 5 anos. As crianças estavam com a avó no momento do crime. A mulher trabalhava como costureira em uma fábrica.

Portal Guaíra com informações do OBemdito