Um jovem de 23 anos foi preso dentro de um hospital em Perobal, no noroeste do Paraná, na noite de sábado (29). De acordo com a Polícia Militar (PM), ele é suspeito de ser contratado para matar um homem de 58 anos que estava sendo atendido na unidade hospitalar após chegar ao local ferido.

A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com a PM, policiais foram ao hospital após serem chamados para atender um tumulto no local. Ao chegarem, encontraram o suspeito de agressão ao paciente, que, segundo a polícia, confessou ter sido contratado para executar o homem.

Aos policiais, o suspeito disse que saiu de uma festa junto à vítima que, em determinado momento, parou para atender o celular. Neste instante, ele o imobilizou pelo pescoço de forma a desmaiar a vítima e depois jogou o corpo na estrada.

O suspeito afirmou, ainda, que se apossou do carro da vítima e o utilizou para passar por cima do corpo antes de voltar para a festa.

Ele disse que horas depois, quando soube que uma pessoa havia dado entrada no hospital, foi até o local para verificar.

Portal Guaíra com informações do G1