pedofilia_crimeUm professor de educação física, de 29 anos, foi preso por policiais civis de Mangueirinha, no sudoeste do Paraná, suspeito de praticar violência sexual contra crianças. De acordo com a polícia, o suposto pedófilo invadia o banheiro feminino da escola municipal onde dava aulas e mostrava as partes íntimas para meninas com idade entre 7 e 10 anos.

Após ser preso, o suspeito foi levado para a delegacia de Pato Branco e deve responder pelo crime de estupro de vulneráveis. Segundo o advogado que representa o suspeito, Ezequiel Fernandes, o professor nega as acusações e foi orientado a só falar sobre o caso em juízo. “Essa orientação foi dada a ele porque até então não tínhamos tido acesso às provas e ao teor das denúncias. E, como ele é réu primário, já estamos entrando com um pedido de revogação da prisão preventiva expedida no dia 23.”

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O mandado de prisão contra o professor foi cumprido, depois de terem sido ouvidas ao menos sete possíveis vítimas. Algumas das alunas contaram que ele também tentava agarrá-las e acariciá-las. Ainda segundo os investigadores, cartas foram incluídas ao inquérito como provas. Ele é investigado também por suspeitas de ter cometido crime semelhante em Chopinzinho.

A diretora de Educação de Mangueirinha, Ivonete Willan Mendes, confirmou que há cerca de uma semana recebeu denúncias de pais de alunos sobre o que vinha acontecendo e pediu que o professor comparecesse à prefeitura. De acordo com ela, depois de receber a notificação ele teria desaparecido.

Fonte: G1