O trânsito paranaense é o terceiro que mais mata no Brasil. É o que revela um levantamento feito pelo Bem Paraná com base em dados do Ministério da Saúde, o qual revela que nos últimos 10 anos, em todo o país, 381.346 pessoas perderam suas vidas em acidentes de transporte. O Paraná foi responsável por 7,3% do total de óbitos nessas ocorrências, atrás apenas de São Paulo (15,7%) e Minas Gerais (9,7%).

Entre os anos de 2012 e 2021, 27.879 vidas foram perdidas no trânsito paranaense. Para se ter uma dimensão do tamanho da tragédia, isso significa que a cada dia oito pessoas falecem no trânsito paranaense, aproximadamente. No Brasil inteiro já são 104 mortes diárias, em média.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os dados servem de alerta. De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas, em situações que envolvem desde a desatenção dos condutores até o desrespeito à legislação (excesso de velocidade, uso de celular, falta de equipamento de segurança como o cinto ou capacete e o uso de bebidas alcoólicas ou até mesmo dirigir embriagado são alguns exemplos). Isso equivale dizer, ainda, que uma grande parte dos acidentes seriam evitáveis, bem como uma grande parte das mortes, que costumam abreviar, principalmente, a vida de jovens.

No caso paranaense, por exemplo, mais da metade das vítimas (53,4%, mais precisamente) do trânsito no período analisado tinham menos de 40 anos quando faleceram. Dos 27.879 falecimentos entre 2012 e 2021, 6.486 vítimas tinha entre 20 e 29 anos, 5.158 (18,5% tinha entre 30 a 39 anos e 3.252 (11,6%) tinha 19 anos ou menos. A população com mais de 60 anos, por outro lado, somou 4.550 falecimentos em acidentes de transporte (16,3%).

Número de mortes em 2021, contudo, é menor que há dez anos

Comparando-se os dados de 2012 com 2021, verifica-se que o número de mortes em acidentes de transporte no Paraná teve uma expressiva queda ao longo da última década. No primeiro ano do período analisado haviam sido registradas 3.637 mortes no estado, valor que no ano passado havia caído para 2.538.

Por outro lado, o número de óbitos em 2021 é o maior dos últimos quatro anos, sendo que nos anos anteriores o estado teve 2.525, 2.436 e 2.458 mortes no trânsito, respectivamente. Ou seja, o número de mortos em acidentes de transporte no ano passado foi o maior desde 2017, quando 2.563 vidas foram perdidas nessas ocorrências.

‘Juntos salvamos vidas’ é o tema da campanha deste ano

De 18 a 25 de setembro será realizada a Semana Nacional de Trânsito, uma comemoração anual realizada desde a criação do Código de Trânsito Brasileiro, Lei nº 9.503 de 23 de setembro de 1997. A Semana, que esse ano tem como tema “Junto Salvamos Vidas”, é caracterizada por uma série de eventos e ações educativas promovidas por todos os órgãos e entidades que integram o Sistema Nacional de Trânsito, com a finalidade de conscientizar a sociedade sobre a valorização da vida e a segurança no trânsito.

Na opinião de Luiz Gustavo Campos, diretor e especialista em trânsito da Perkons, o excesso de velocidade e ultrapassagem irregular são duas das condutas mais lesivas quando resultam em sinistros. “A velocidade incompatível com a via é, sem dúvida, uma grande agravante das ocorrências. Além de potencializar os riscos da perda de controle do veículo, ela reduz o tempo do motorista para a reação, e aumenta a distância até a frenagem”, alerta.

“As ultrapassagens proibidas ou impudentes são responsáveis pela maioria das colisões frontais; as mais fatais. Todos têm papel fundamental quando falamos em segurança no trânsito. Se cada um fizer a sua parte teremos ruas e vias mais seguras e uma sociedade livre desses números assustadores de mortes e sequelados”, finaliza Campos.

Em Curitiba as ações comemorativas envolverão não só a conscientização para um trânsito mais seguro, como, também, a mobilidade, a sustentabilidade e o estímulo à intermodalidade, com foco no pedestre e na adoção de tecnologias limpas de transporte, com a Semana da Mobilidade.

Semana do Trânsito

A Semana Nacional do Trânsito, que acontece anualmente, será celebrada entre os dias 18 e 25 de setembro. A iniciativa tem o objetivo de incentivar junto à sociedade um trânsito mais seguro, conscientizando condutores, passageiros, ciclistas e pedestres. Neste ano, inclusive, a celebração está completando 25 anos: ela foi instituída em 1997, esmo ano em que foi sancionado e instituído o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Portal Guaíra com informações do O Presente/Bem Paraná