(Foto: Rodrigo Sigmura)
ad

[dropcap color=”#dd9933″]O[/dropcap]s temporais registrados na quinta-feira (18) deixaram pelo menos 219 mil imóveis sem luz no Paraná, sendo mais de 30 mil somente na Grande Curitiba. Um alerta laranja de tempestade foi publicado pela manhã no Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), com previsão de chuvas fortes, ventos intensos e queda de granizo.

De acordo com os dados divulgados pela Copel, parte das 219 mil unidades que seguem sem energia estão no norte do Paraná, e têm relação com os temporais registrados na tarde desta quarta-feira (17). Em Curitiba, o número de desligamentos chegou a 18 mil imóveis e, no momento, cerca de sete mil ainda seguem sem energia. Os bairros mais atingidos são São Braz e Santa Felicidade.

Já na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), as cidades mais atingidas são Mandirituba, Quitandinha, Campo do Tenente, Lapa e Rio Negro, somando 14,3 mil unidades consumidoras desligadas. Na Grande Curitiba, 111 equipes estão em campo para os reparos na rede, que ainda não tem previsão de restabelecimento total.

Na região Oeste do Estado, as chuvas afetaram o abastecimento de energia para 20 mil imóveis em Cascavel, após passar por Foz do Iguaçu e Santa Terezinha, onde foram afetadas 10 mil unidades. Além disso, as tempestades também causaram o desligamento da subestação Pitanga, na região Central, deixando 13 mil domicílios sem energia nos municípios de Turvo, Campina do Simão, Santa Maria do Oeste, Marquinho e parte de Guarapuava, onde a Copel só atende a área rural.

Somente em Londrina, 5,8 mil imóveis seguem sem luz na cidade e 50 postes foram quebrados na região, onde 130 equipes estão em campo.

Portal Guaíra com informações do Massa News


ad