O secretário de Estado da Saúde Beto Preto realizou nesta terça-feira (23) uma videoconferência com prefeitos que fazem parte da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop) para discutir a situação da pandemia na região.

Entre os assuntos abordados, as autoridades falaram sobre o aumento constante da ocupação de leitos e do número de casos do novo coronavírus, assim como da possibilidade de ampliação de leitos para atendimento exclusivo na macrorregião.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Temos trabalhado desde o início com muito diálogo entre os municípios e Estado, seguindo as orientações do governador Ratinho Junior de avaliar de perto a realidade de cada região. Nos próximos dias devemos ativar pelo menos 10 leitos de UTI exclusivos no Hospital Universitário de Cascavel, a fim de aumentar a capacidade de atendimento na Macro Oeste”, disse Beto Preto.

Segundo o secretário, é importante que as medidas já adotadas continuem sendo reforçadas. “A atual situação na região é preocupante. Por isso aumentamos o número de testes, além da ampliação constante de leitos ofertados, mas nada disso adiantará se a população não se conscientizar da importância de manter o isolamento domiciliar e o distanciamento social”.

DADOS – De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria da Saúde nesta segunda-feira (22), a Macrorregião Oeste teve um aumento de 112% no número de casos de Covid-19, comparando os períodos epidemiológicos de 07 a 13 de junho e de 14 a 20 do mesmo mês.

A ocupação de leitos de UTI adulto exclusivos para pacientes com a doença na região chegou a 81% nesta terça-feira (23). Em Cascavel 98% estão ocupados.

PRESENÇAS – Participaram da reunião 41 prefeitos, representando a 9ª, 10ª e 20ª regionais de Saúde, além do deputado estadual Marcel Micheletto, o diretor-geral da secretaria, Nestor Werner Júnior, e o diretor de Gestão em Saúde, Vinícius Filipak.

Portal Guaíra com informações da AEN