O sistema estadual de emprego colocou 66.101 paranaenses no mercado formal de trabalho até novembro deste ano. A intermediação das vagas foi feita pelas Agências do Trabalhador espalhadas pelo Paraná. Os empregos são com carteira assinada.

O volume de vagas preenchidas demonstra a importância do serviço de intermediação e reforça que o processo de retomada da geração de emprego e renda ganhou força. Os empregos foram gerados na indústria (25.093); serviços (15.800); comércio (8.617); agropecuária (4.700) e construção Civil (3.982).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, afirma que o desempenho reflete as determinações do governador Carlos Massa Ratinho Junior para atrair novas empresas e criar condições para fomentar a economia paranaense, apoiando também os empreendedores do Estado.

O trabalho de captação de novas vagas de emprego é desenvolvido pela equipe do Departamento do Trabalho. Existem hoje 216 Agências do Trabalhador no Paraná, que são vinculadas à Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, o que facilita o acesso ao mercado de trabalho.

APLICATIVO – Um aplicativo foi criado para consulta de vagas disponíveis. É o Sine Fácil, que pode ser baixado gratuitamente e funciona nas plataformas Android e IOS. Além das lojas virtuais o sistema pode ser encontrado no site empregabrasil.mte.gov.br.

Para acessar o aplicativo é necessário um QRCODE que pode ser solicitado diretamente no site da secretaria, pelo Chat do Trabalhador. Também é possível buscar atendimento presencial nas Agências do Trabalhador que estão atendendo ao público, mediante agendamento prévio no site www.justica.pr.gov.br/trabalho.

SEGUNDO DO BRASIL – Outra constatação que comprova a recuperação dos empregos no Paraná foi divulgada peloCadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). No acumulado do ano (janeiro a outubro), o Estado apresentou um saldo de 33.615 empregos formais criados. É o segundo melhor desempenho do País, atrás apenas de Santa Catarina.

Portal Guaíra com informações da AEN