Os sem-terra que estão na região da Araupel, em Quedas do Iguaçu, estão fortemente armados. A constatação foi feita por equipes de socorro que atuaram nesta quinta-feira, no atendimento a feridos, após confronto entre os integrantes do MST e policiais militares.

Segundo os relatos dos socorristas, os sem-terra estavam com pedaços de madeira, facas e muitos revólveres. Os integrantes do MST não fizeram questão de esconder o armamento na presença da equipe de socorro. “Tinha bastante arma. Estavam portando as armas nas mãos”, disse um dos socorristas.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ainda de acordo com a equipe que entrou na área de conflito, o grupo chegou a cogitar manter os socorristas reféns, mas entraram em acordo e decidiram liberá-los. O clima era tenso e segundo os relatos a principal irritação dos sem-terra era pela falta de informação.

O confronto entre policiais militares e sem-terra ocorreu nesta tarde, resultando em dois mortos, dois feridos e dois presos. A Polícia Militar afirma que os integrantes do MST armaram uma emboscada para os PMs. Já os sem-terra negam e dizem que foram recebidos a tiros.

A Polícia Civil investiga o caso.

morto

Portal Guaíra com informações da CGN