[dropcap color=”#dd3333″]O[/dropcap] secretário estadual de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita aproveitou a reunião de ontem com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes para reforçar o apelo para que 28 presos considerados líderes de facções criminosas no estado sejam transferidos para presídios federais. Há cerca de um mês a secretaria já havia formalizado pedido para a transferência, na época, de 39 detentos identificados pela Operação Alexandria, que teve como alvo o PCC, como lideres do crime organizado no Paraná.

“Foi reiterado o pedido de remoção de 28 lideranças do crime organizado para presídios federais identificadas pela Operação Alexandria. Para que eles não mais possam ter contato com suas organizações criminosas é necessário fazer um isolamento urgente dos líderes destas facções criminosas que hoje estão no departamento penitenciário do estado do Paraná”, disse o secretário.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A operação criminosa que resultou na fuga de 26 presos do Complexo Penitenciário de Piraquara no último domingo teve entre os presos resgatados alguns dos que constavam na lista inicial enviada ao Ministério. Segundo o próprio secretário, foi uma ação orquestrada para resgatar líderes das facções já identificados pela inteligência das autoridades policiais do estado.

Mesquita participou, ao lado dos secretários de Segurança e Justiça de todos os 26 estado brasileiros mais o Distrito Federal, de audiência com o ministro da saúde para debater os pontos do Plano Nacional de Segurança, que será apresentado pelo governo nesta quarta-feira aos 27 governadores. Segundo o secretário, a reunião também serviu para que se discutisse a aplicação dos recursos do Fundo Penitenciário. “O Paraná está em vias de receber R$ 58 milhões do fundo para a construção de uma nova unidade com 600 vagas para regime fechado e o restante para aquisição de equipamentos para os agentes penitenciários trazendo melhor qualidade de trabalho e melhoria do ambiente prisional”, contou.

Portal Guaíra com informações do Paraná Portal