A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou na quarta-feira (23) mais sete casos de Monkeypox no Paraná. Os novos casos foram registrados em Curitiba (5), Siqueira Campos (1) e Paranaguá (1).

Ao todo, o Estado soma 274 diagnósticos positivos da doença, 896 descartados, 141 suspeitos e nenhum óbito. Dentre os casos confirmados, 259 são homens e 15 são mulheres. A faixa etária da maioria das confirmações abrange dos 20 aos 39 anos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Em casos confirmados, a orientação é para que o paciente mantenha o isolamento até a cicatrização total da lesão. Medidas adicionais como realizar a higienização das mãos constantemente e não compartilhar alimentos, talheres, roupas e outros objetos são fundamentais para conter a transmissão da doença”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A Monkeypox é uma doença viral, e a transmissão entre humanos ocorre principalmente por meio de contato com lesões de pele de pessoas infectadas. A infecção causa erupções que geralmente se desenvolvem pelo rosto e depois se espalham para outras partes do corpo. Os principais sintomas envolvem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfadenopatia, calafrios e fadiga.

Portal Guaíra com informações da AEN