Governador Beto Richa

O governador Beto Richa disse ontem (21), durante entrevista na cerimônia de passagem do comando-geral da Polícia Militar, que o índice de 5% de reajuste proposto para o funcionalismo considerou o momento da economia nacional e o comprometimento das receitas próprias com a folha. “Nós temos que ter equilíbrio nos gastos do governo, para que outros setores da nossa sociedade, ou da administração, não sejam prejudicados”, afirmou.

Ele sustentou que o índice de reajuste proposto para o funcionalismo é o percentual possível para o momento. “Oferecemos o que é possível para o momento sem maiores prejuízos para a população”, disse. Cerca de 90% dos recursos que o governo estadual arrecada com ICMS, IPVA, ITCMD e com transferências constitucionais é aplicado na folha de pagamento dos servidores.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Leia Também:
Paraná – Greve dos Professores: Faltas serão lançadas a partir desta quinta-feira

Richa destacou que o governo estadual está dialogando com o sindicato dos professores para a retomada imediata das aulas nas escolas estaduais do Paraná. Dos 2.168 estabelecimentos da rede estadual de ensino, 910 funcionaram na quarta-feira (20), sendo 389 com atividades normais e outros 521 parcialmente. “Lamentavelmente quem tem pago o preço mais caro são nossos alunos, que não deveriam ficar no meio desta pendenga”.

O governador sustentou que o governo estadual atendeu praticamente a integralidade dos itens que compõem a pauta de revindicações dos professores. Ele citou como exemplo o aumento de 60% nos salários dos professores e ampliação de 75% na hora atividade. “Nos últimos quatro anos, concedemos o maior aumento salarial da história dos professores no Paraná e possivelmente o maior aumento na história do Brasil. Um aumento com ganho real de 32%, ou seja, acima da inflação”, defendeu.

Além dos avanços salariais e na hora atividade, Richa destacou que o governo melhorou a qualidade da merenda escolar e triplicou o repasse aos municípios para o transporte escolar.

A motivação da greve também foi questionada pelo governador. “Lamentamos uma greve sem objeto definido, sem uma pauta definida. Uma hora é a votação na Assembleia, outra hora é a data base, cada vez é bandeira diferente”, afirmou. “Esta greve é política para nos causar desgaste e ao mesmo tempo desviar o foco das grandes denúncias e escândalos do Brasil”, disse o governador.

Governador Beto Richa participa da solenidade de passagem de Comando da Polícia Militar do Paraná
Governador Beto Richa participa da solenidade de passagem de Comando da Polícia Militar do Paraná

Portal Guaíra com informações da AEN