Governador Beto Richa e o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes. Foto: Divulgação SETI

ad

O governador Beto Richa assinou nessa quarta-feira (26) a nomeação de 265 professores aprovados em concursos públicos para as sete universidades estaduais do Paraná. Os professores vão ocupar vagas de servidores afastados por motivo de aposentadoria, falecimento e exoneração.

Do total, são 87 docentes para a Universidade Estadual de Londrina (UEL), 81 para a Universidade Estadual de Maringá (UEM), 39 para a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), 38 para a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), 12 para a Universidade Estadual do Paraná (Unespar), seis para a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e um professor para a Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Outros 29 docentes para a Unioeste devem ser nomeados nos próximos dias.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O secretário do Ensino Superior, João Carlos Gomes, destacou que o governador Beto Richa está cumprindo com o compromisso de valorização do ensino superior que sempre foi uma das prioridades desta gestão. “Esta é mais uma grande conquista para o ensino superior estadual. Também resultado de um trabalho conjunto da equipe da nossa secretaria, reitores das universidades, da Chefia de Gabinete do Governador, da liderança do Governo na Assembleia Legislativa, Secretaria da Fazenda e da Casa Civil, junto ao governador Beto Richa, para que as nomeações saíssem dentro do prazo acordado com os nossos professores”, disse.

O secretário disse que continua empenhado na agilização do trâmite dos processos de nomeação dos agentes universitários das universidades estaduais. Os protocolos dos 467 agentes universitários, aprovados em concursos públicos, estão na Secretaria Estadual da Fazenda aguardando análise do impacto financeiro para as contratações.

SISTEMA ESTADUAL DE ENSINO

Com um sistema de ensino superior consolidado composto por sete universidades com cerca de 8 mil professores, pesquisadores altamente qualificados, 9 mil agentes universitários e mais de 100 mil alunos a Seti congrega uma rede integrada de ensino superior classificada entre as melhores do Brasil.

O reconhecimento internacional das pesquisas desenvolvidas nas universidades estaduais do Paraná contribui para o avanço do processo de internacionalização das IES. Representa hoje um orçamento de cerca de R$ 2,3 bilhões por ano, inteiramente custeado pelo Governo do Estado.

Governador Beto Richa e o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes. Foto: Divulgação SETI
Governador Beto Richa e o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes

Portal Guaíra com informações AEN