(Foto: Valquir Aureliano)
ad

[dropcap color=”#dd9933″]C[/dropcap]onvenção do MDB, realizada no sábado (21), decidiu delegar para a executiva estadual a decisão sobre as eleições majoritárias. As lideranças terão até até o dia 4 de agosto sobre candidatura própria ou coligação com o candidato ao governo do PDT, Osmar Dias. Em entrevista, o presidente do partido e senador, Roberto Requião, confirmou que será candidato à reeleição como senador e que aposta em aliança do partido com o PDT para apoiar o candidato do PDT ao governo, Osmar Dias. “Nesta convenção, discutimos o esboço de uma chapa de candidatos a deputado e delegar para a executiva estadual o poder de decidir os caminhos do partido nas eleições nos próximos 14 dias. A executiva vai discutir as nossas propostas para o governo e a coligação como PDT de Osmar Dias”, afirmou Requião. ” Hoje a minha candidatura ao Senado é uma hipótese concreta. Eu prefiro continuar o trabalho que faço como senador”, disse ele.

Na opinião de Requião, é preciso se discutir o segundo nome ao Senado, seja do PMDB ou da possível coligação. “Quando fui candidato ao Senado, Alvaro Dias lançou Afonso Camargo, mas nós elegemos Osmar Dias. Há uma tradição no Paraná de o líder eleger o parceiro”, afirmou Requião. “O MDB é o único partido que não se envolveu com o governo de Beto Richa e isso é importante”.

Portal Guaíra com informações do Bem Paraná


CLINICA SALUTAR