A partir de segunda-feira (22), 1975 presos que cumprem pena no regime semiaberto, custodiados pela Seju (Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Paraná), vão ser liberados para passar as festas de final de ano com familiares. A liberação acontece em 13 unidades prisionais do estado, por meio das Portarias de Saída Temporária, publicadas regularmente.

Pelas Portarias de Saída, os presos têm liberdade diferenciada, de acordo com a pena. O prazo de retorno às unidades vai até 05 de janeiro. Dependendo do destino, se permanecem na cidade de origem ou vão viajar para cidades do Paraná ou outros estados, os presos podem ficar fora da unidade de 6 a 12 dias. As autorizações foram assinadas pelos Juízes das Varas de Execução Penal.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No último dia previsto para retorno, o preso deve estar na unidade até às 16h, com tolerância de até uma hora para se apresentar. Caso contrário, será considerado foragido. Do total de 2.699 presos que tiveram o benefício do final de 2013 ao início de 2014, não retornaram na data marcada 118 apenados, equivalendo a 4,3% de evasão.

Das 13 unidades que mantêm presos do regime semiaberto no Paraná, a Colônia Penal Agroindustrial do Paraná, em Piraquara, terá o maior número de beneficiados, com 1.117 liberações.

O benefício é concedido apenas aos que, entre outros requisitos, cumprem pena em regime semiaberto (penúltimo estágio de cumprimento da pena) com autorização para saídas temporárias e aos que têm trabalho externo implementado ou deferido. Neste caso, é preciso que já tenham usufruído de pelo menos uma saída especial nos últimos 12 meses. O acompanhamento dos presos durante essas saídas é de competência da Sesp (Secretaria de Segurança Pública).

induto-de-natal

Portal Guaíra com informações da CGN/CBN