ad

Projeto em tramitação na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) sugere que se torne obrigatória a instalação de detectores de metais nas escolas do estado. A proposta é do deputado Ademar Traiano (PSDB), presidente da Casa.

Segundo a proposta, todas as pessoas precisariam passar pelo equipamento antes de entrar nas unidades de ensino. Se o detector acusasse a presença de itens suspeitos, a pessoa seria obrigada a passar por uma revista manual.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O deputado acredita que a medida tornaria os ambientes mais seguros. “Ao ter um detector de metal na entrada de uma escola, nós estaríamos inviabilizando a possibilidade de alguém entrar armado dentro de um estabelecimento de ensino”, argumenta o tucano.

A proposta foi apresentada menos de duas semanas depois da tragédia na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo. No Paraná, em setembro de 2018, dois adolescentes foram apreendidos depois de abrir fogo em uma escola da cidade de Medianeira, na região Oeste.

Caso a proposta seja aprovada, as unidades de ensino teriam prazo de um ano para providenciar e estrutura necessária.

Portal Guaíra com informações da Alep