A Polícia Civil do Paraná (PCPR) concluiu o inquérito policial que apurava assédios dentro de uma escola da rede estadual, em Apucarana, região Norte do Estado. Um professor, de 39 anos, foi indiciado por assédio sexual contra alunas.

A denúncia foi realizada por 11 alunas, que foram até a delegacia da PCPR e contaram sobre os crimes, ocorridos no ano de 2019. Na época dos fatos, as meninas tinham entre 16 e 17 anos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O professor, que não possui antecedentes criminais, negou as acusações. Se condenado, poderá pegar até 16 anos de prisão pelos crimes.

O caso ganhou repercussão nacional em razão da divulgação dos assédios pelas alunas nas redes sociais com a hashtag #exposed.

Portal Guaíra via Assessoria