A Polícia Rodoviária Federal (PRF) dá início nesta quinta-feira (2) em todo o país à Operação Semana Santa, que segue até segunda-feira (6) e tem como principal objetivo reduzir o número de acidentes no feriado deste ano.

Com o planejamento baseado na análise das estatísticas do ano passado, a PRF priorizará ações de fiscalização relativas às infrações de excesso de velocidade, uso de bebida alcoólica e ultrapassagens proibidas, que estão entre as principais causas de acidentes graves.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No mesmo feriado de 2014, que coincidiu com o Dia de Tiradentes, o Paraná liderou o ranking nacional de mortes. Na ocasião, 26 pessoas morreram nas rodovias federais que cruzam o estado, o equivalente a 18,6% das 140 mortes registradas em todo o país.

Os estados do Paraná, Minas Gerais e Bahia concentraram 40,7% das mortes na Semana Santa em 2014. Por conta deste dado, essas três unidades da federação estão desde ontem (31) com um reforço no efetivo de policiais rodoviários federais, vindos de outros estados, além de viaturas e equipamentos extras.

Outro foco da Operação Semana Santa da PRF são os motociclistas. Cerca de um quinto das mortes registradas em rodovias federais do Paraná ao longo do ano passado foram registradas em acidentes que envolveram motocicletas.

Uma novidade para este feriado é o sistema de monitoramento por câmeras de vídeo, que está sendo implantando pela PRF em rodovias das regiões norte e leste do Paraná. Infrações como ultrapassagem proibida, trânsito pelo acostamento e evasão de pedágio já podem ser registradas de forma remota por policiais rodoviários federais, em tempo real, através desse sistema.

A Polícia Rodoviária Federal promove ainda ações de educação para o trânsito. No Paraná, um ônibus caracterizado da PRF está sendo utilizado nessas atividades. Ontem (1) e sexta-feira (3), esse ônibus estará na Estação Rodoferroviária de Curitiba. Hoje (2), na região de Ponta Grossa.

Um dos principais objetivos das ações educativas da PRF é conscientizar os passageiros de ônibus sobre a importância do uso do cinto de segurança. Em caso de acidente, o cinto evita que as pessoas sejam arremessadas contra partes internas do veículo, contra outros ocupantes ou mesmo para o lado de fora.

Entre as condutas recomendadas da PRF aos motoristas para evitar acidentes estão respeitar as placas de sinalização, em especial os limites de velocidade; fazer revisões periódicas do veículo e conferir o funcionamento dos equipamentos obrigatórios; planejar a viagem e evitar dirigir com pressa; manter uma distância mínima de segurança em relação aos demais veículos; em caso de chuva, redobrar os cuidados, manter sempre os faróis ligados e reduzir a velocidade.

PARANA-PRF-OPERACAO-SEMANA-SANTA-2015

PARANA-PRF-OPERACAO-SEMANA-SANTA-2015-2

PARANA-PRF-OPERACAO-SEMANA-SANTA-2015-3

PARANA-PRF-OPERACAO-SEMANA-SANTA-2015-4

Portal Guaíra com informações da PRF