A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu em Irati/PR um automóvel clonado, utilizando placas falsas, na tarde de segunda-feira (4). No fim da noite, em Mandirituba/PR, outra equipe apreendeu uma caminhonete clonada na BR 116.

Por volta das 15h, a equipe PRF de Irati realizava patrulhamento ostensivo na BR 277, quando abordou um Honda/City prata com placas do Rio de Janeiro.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Durante a fiscalização, o motorista, muito nervoso, disse não possuir nenhum documento referente ao automóvel, informando à equipe policial que havia comprado em Curitiba/PR, no Bairro Pilarzinho, onde entregou uma Montana que possuía como parte do pagamento e outra parte em dinheiro.

Diante da situação, a equipe realizou uma fiscalização minuciosa e ao consultar o número do chassi, constatou que as placas do automóvel eram falsas e o veículo tratava-se de um clone.

Em consulta aos sistemas, foi confirmado que o HONDA/City abordado, havia sido roubado em 23 de agosto de 2021 em Colombo/PR e o homem foi preso em flagrante por receptação.

Além disso, no porta-malas do veículo, havia um grande volume de pedras sob um pano preto, que segundo o motorista ‘era para dar mais estabilidade’ uma vez que o veículo estava com ‘molas dupladas.’

A instalação de ‘molas dupladas’ nas rodas traseiras é característica de veículos usados para transporte de objetos pesados, como nos veículos usados para contrabando/tráfico.

Por volta das 23h, em Mandirituba/PR, outra equipe da PRF deu ordem de parada a uma Toyota/Hilux prata na BR 116.

O motorista, acompanhado da esposa e filha apresentou um CRLV (Certificado de registro e licenciamento de veículo) falsificado. Os policiais verificaram que as placas do veículo também eram falsas. Além de sinais identificadores do veículo terem sido suprimidos ou adulterados.

O homem de 49 anos foi preso em flagrante por por adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Portal Guaíra com informações da PRF