(Foto: Pixabay)

[dropcap color=”#dd9933″]M[/dropcap]ais de 1.500 presos que cumprem pena no regime semiaberto, em unidades prisionais do Departamento Penitenciário (Depend), serão liberados para passar as festas de fim de ano com seus familiares. As saídas acontecem desde quarta-feira (20), em sete unidades prisionais em todo o Estado.

A Colônia Penal Agroindustrial do Paraná (Cpai), em Piraquara, é a unidade que terá o maior número de beneficiados, somando 1.030 liberações. Nas outras unidades penais do Paraná serão: 202 do Centro de Reintegração Social de Londrina (Creslon); 228 da Colônia Penal Industrial de Maringá (CPIM); 118 do Centro de Regime Semiaberto de Guarapuava (Crag); 48 do Centro de Regime Semiaberto de Ponta Grossa (CRAPG); 105 da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão (PEFB) e um detento da Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste (Peco). Desta forma, 1.733 presos são beneficiados.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Como funciona
Os presos que têm direito às portarias temporárias estão em regime semiaberto, em processo de ressocialização, ou seja, eles já saem periodicamente para visitar suas famílias e por conta das festividades de fim de ano terão esse prazo ampliado pelo Judiciário, como ocorre todos os anos.

O prazo de retorno às unidades vai até 10 de janeiro, de acordo com o prazo estipulado pelo juiz para cada detento. No último ano, o índice de presos que não retornaram às unidades, após as saídas temporárias, foi menor que 5%.

Portal Guaíra com informações do Massa News