Um rapaz de 27 anos foi autuado por omissão de cautela de dois cachorros da raça pit bull, no bairro Olarias, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, nesta segunda-feira (10). Os cachorros mataram o cão do vizinho na semana passada, segundo a polícia.

Segundo as investigações, os policiais verificaram que o canil onde estavam os animais era inadequado para manter cães do porte dos pit bulls. Conforme a polícia, só havia uma tela mal fixada como barreira.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Com a força feita pelos animais, a tela cedeu e os pit bulls conseguiram pegar o cão do vizinho. O ataque, segundo a polícia, revoltou os moradores da região.

Tutor responsabilizado
Testemunhas contaram aos policiais que não é a primeira vez que um dos dois pit bulls oferece risco a outros animais e à população.

Tempos atrás, um dos cachorros fugiu e atacou outro cão que passava com o tutor na rua.

A polícia informou que o tutor dos pit bulls foi responsabilizado pela contravenção penal de omissão de cautela na guarda de animal perigoso. A pena pode chegar a dois meses de prisão.

Alerta
Conforme a Polícia Civil, o caso serve como alerta, pois o tutor do cão é responsável por qualquer dano ou lesão causado pelo animal, tanto na esfera criminal quanto na cível.

A polícia também pediu que os donos de cachorros considerados perigosos cumpram as medidas de segurança enquanto transitam em locais públicos.

O não cumprimento pode gerar multa e até mesmo a apreensão do animal.

Portal Guaíra com informações do G1