ad

[dropcap color=”#dd3333″]Q[/dropcap]uatro homens acusados de pertencer a uma quadrilha especializada em furto de gado na Região Central do Paraná, foram presos no sábado (2) em Nova Tebas. De acordo com a PM de Pitanga, eles fazem parte de uma das principais quadrilhas que agiam na região.

A polícia relatou que chegou até os homens depois que o dono de uma fazenda na localidade Nova Pitanga, em Nova Tebas percebeu o furto de seis cabeças de gado da raça Nelore.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com ele, o caseiro de uma fazenda vizinha da vítima e outros três homens seriam os autores. Um deles contou que ajudou o caseiro e o terceiro homem envolvido no furto das seis cabeças de gado. Ele disse também que os animais foram levados em uma caminhonete para o sítio do terceiro envolvido, que fica na localidade Romeópolis, no município de Arapuã. O caseiro da propriedade vizinha também confirmou os fatos.

Durante abordagem ao local de destino dos animais, os policiais encontraram uma das novilhas furtadas já morta. Os outros cinco animais, de acordo com a polícia, foram levados para outra propriedade. Nessa propriedade foram encontradas cerca de 100 cabeças de gado, que segundo a PM, tem origem duvidosa.

Segundo a PM, a quadrilha agia com uma moto para fazer levantamentos de propriedades e depois planejar o furto dos animais. Também foram apreendidas duas armas sem registro: uma Bereta calibre 22 e uma espingarda calibre 32 com quatro munições.

Os presos, armas, a carne e os veículos usados nos furtos foram levados para a delegacia de Pitanga.

Portal Guaíra com informações do Rede Sul Notícias