As unidades da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros vão reforçar as atividades preventivas e abordagens em todo o Paraná durante o feriado prolongado, em função dia de Nossa Senhora Aparecida (12). As ações terão foco nas estradas estaduais, municípios litorâneos e praias de água doce das costas Leste e Noroeste. O planejamento da PM inclui ainda atividades em terra, no mar e no ar para evitar crimes e prevenir acidentes. O trabalho também será voltado para inibir aglomerações, em prevenção ao coronavírus.

Segundo o chefe do Estado Maior da PM, coronel Vanderley Rothenburg, as unidades especializadas da PM serão empenhadas, abrangendo prevenção ao meio ambiente, fiscalização de vias urbanas e rodoviárias e radiopatrulhamento aéreo, em complemento às atividades das unidades de área.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Vamos ter ações desde a região de Porto Rico, no Noroeste do Estado, até as praias do Litoral, para prevenir crimes e levar mais segurança para as pessoas durante o feriado prolongado. Para auxiliar na prevenção de aglomerações, encaminhamos ofícios às prefeituras, com o objetivo de evitar esse tipo de situação, tendo em vista que a pandemia ainda não acabou e o ideal é que as pessoas permaneçam em isolamento”, disse.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Samuel Prestes, destacou que o planejamento inclui guarda-vidas, viaturas e embarcações para dar suporte ao trabalho. “Estamos encaminhando 24 homens para o Litoral, à disposição do 8º Grupamento, para a função de guarda-vidas. Na região de Porto Rico serão 13 guarda-vidas militares estaduais e outros 13 civis”, disse.

De acordo com o comandante do 8º Grupamento de Bombeiros (8º GB), major Jonas Emmanuel Benghi Pinto, haverá seis postos guarda-vidas ativos nos principais pontos de praia de Matinhos e Pontal do Paraná, além de equipes prontas para agir.

“Em Matinhos e Pontal do Paraná teremos reforço de viaturas de busca e salvamento, e na Ilha do Mel teremos um posto de guarda-vidas ativo para atender as pessoas que estiverem na região. Por isso, reforçamos que as pessoas somente entrem no mar próximo aos postos, para que possam se banhar com mais segurança”, disse.

O 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), responsável pelo policiamento nos sete municípios litorâneos (Paranaguá, Pontal do Paraná, Matinhos, Guaratuba, Antonina, Morretes e Guaraqueçaba) fará operações de bloqueio nos acessos às cidades com praias, contando com apoio do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (Bpmoa). Nas vias urbanas haverá ainda o reforço com equipes do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU).

“Teremos ainda fiscalizações nos locais de embarque e desembarque para a Ilha do Mel para coibir crimes, tráfico e uso de drogas. O trabalho também vai abranger as ações em apoio à Vigilância Sanitária dos municípios para o cumprimento das medidas sanitárias em relação à Covid-19”, destacou o comandante do 9º Batalhão, tenente-coronel Rogério Biscaia.

RODOVIAS – O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) empenhará o efetivo na malha rodoviária estadual, em fiscalizações com uso de etilômetro (bafômetro), contra a embriaguez ao volante, e com radares móveis para flagrar motoristas acima dos limites de velocidade. As ações também serão voltadas para combater o tráfico de drogas, o contrabando e o descaminho nas estradas.

COSTA NOROESTE – O 3º Comando Regional da PM (3º CRPM) vai reforçar as ações preventivas de segurança pública na região com a Operação Feriado Seguro, em especial nas praias artificiais, além de fiscalizar o cumprimento do decreto estadual sobre as medidas sanitárias contra o coronavírus.

O trabalho ocorrerá nas regiões de Porto Rico, Porto São José e Porto Maringá. Segundo o CRPM, Porto Rico tem uma população de pouco mais de 2,5 mil habitantes, mas em feriados prolongados chegava a ultrapassar 10 mil pessoas, antes da pandemia, o que exige uma readequação de estratégia de segurança pública.

As ações, desempenhadas pela 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (3ª CIPM) contarão com apoio das demais unidades que compõem o 3º CRPM para a fiscalização de trânsito urbano e rodoviário, prevenção a crimes ambientais e policiamento ostensivo e preventivo em pontos estratégicos.

Na área aquática, segundo o 2º Comando Regional de Bombeiros (2º CRBM), serão aplicados 13 guarda-vidas de unidades da região, com reforço de mais 14 guarda-vidas civis por meio das prefeituras. O efetivo será distribuído em Porto Rico, Porto São José, no município de São Pedro do Paraná, e no Porto Maringá, localizado na cidade de Marilena.

Cada porto terá dois postos de guarda-vidas, e uma embarcação para apoio logístico e transporte de tropa que também poderá dar suporte em casos de busca e resgate. Os postos ficarão abertos das 8h às 19h e os bombeiros prestarão orientações aos banhistas para evitar afogamentos. Os trabalhos do Corpo de Bombeiros auxílio apoio da Delegacia Fluvial de Guaíra, da Marinha do Brasil, principalmente na fiscalização de iates e jet skys para que não se aproximem dos banhistas que estiverem no rio.

Portal Guaíra com informações da Agência Brasil