A Polícia Civil do Paraná prendeu preventivamente dois suspeitos envolvidos em golpes contra empresas de maquinários agrícolas na quarta (14) e quinta-feira (15) em Londrina, região Norte do Paraná e no estado de Santa Catarina.

Os detidos são suspeitos de golpes cujo prejuízo ultrapassa R$2 milhões contra empresas de Nova Aurora e Cafelândia.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A PC teve apoio da Polícia Civil de Santa Catarina e Polícia Rodoviária Federal. Foram recuperadas duas máquinas de terraplanagem.

As investigações foram iniciadas em novembro de 2020, quando identificou-se uma organização criminosa cometendo crimes contra o patrimônio. O grupo abriu uma empresa de fachada para terraplanagem, com sede em Cafelândia. Eles alugaram máquinas de outras empresas e desapareceram com os equipamentos agrícolas, abandonando a sede da empresa.

Foram utilizados documentos falsos para a criação da empresa, contratos e identidades, a fim de concluir as locações.

Até o momento, a PCPR identificou três empresas prejudicadas, duas do Paraná e outra do Rio Grande do Sul.