Um fato trágico envolvendo uma família foi registrado no município de São João (342 km de Guaíra) durante a madrugada de terça-feira (31). Claudir Martello, 66 anos, matou o próprio filho, Alex Sandro Martello, 30 anos, após um desentendimento entre ambos. O fato ocorreu por volta das 03h na casa da família, na comunidade de Porto Velho, interior do município. Alex Sandro foi atingido na cabeça e morreu antes mesmo de dar entrada no Pronto Atendimento Municipal.

Segundo a polícia, a vítima sofria de distúrbios psicológicos e constantemente fazia ameaças à família, dizendo que mataria o pai. Por diversas vezes, Alex Sandro foi internado para tratamento, mas o comportamento continuou o mesmo. Em uma determinada ocasião chegou a agredir um policial militar com um tiro de espingarda de pressão.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Familiares informaram que na segunda-feira (30) a noite ele teria se exaltado, mas após diálogo com os demais ocupantes de casa resolveu ir dormir. No entanto, durante a madrugada acordou e começou a quebrar móveis em seu quarto. O pai tentou intervir e para conter o filho acabou agredindo o mesmo a pauladas, motivo da morte. O corpo de Alex Sandro foi recolhido ao IML de Pato Branco para necropsia e, posterior liberação à família.

Conforme o delegado de São João, Leonardo Guimarães, foi instaurado inquérito policial para apurar o fato e o pai deve responder por homicídio. A polícia acredita que Claudir se apresente nesta quarta-feira (01), após passado o período de flagrante.

SAO-JOAO-PAI-MATA-FILHO-COM-PAULADA

SAO-JOAO-PAI-MATA-FILHO-COM-PAULADA-2

SAO-JOAO-PAI-MATA-FILHO-COM-PAULADA-3

Portal Guaíra com informações do Noticias Policiais