A Polícia Civil de Castro através do setor operacional deu cumprimento a um mandado de prisão em ação condenatória de 14 anos, pela prática do crime de estupro de vulnerável, cuja vítima era uma criança de 11 anos a época dos fatos, em 2016.

Segundo relatos da vítima, o pai se favorecia da condição de genitor para praticar os abusos na própria residência da família. A mãe da infante é falecida e na casa moravam apenas ela, o irmão de 10 anos e o criminoso. A prisão ocorreu na tarde do dia 05/11/2020, nas proximidades do Jardim Colonial.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ressalta o setor operacional da 43° DRP, que apenas nos dois últimos meses já são 6 prisões de crimes desta natureza e reforça o compromisso rigoroso e emergente em dar fiel cumprimento aos mandados desta tipificação penal.

O condenado permanecerá a disposição da Justiça e encontra-se encarcerado a Cadeia Pública de Castro.

Portal Guaíra via Assessoria