A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deu início, no último sábado, 30 de maio, à Operação Flagellum nos estados do Mato Grosso do Sul e do Paraná, reforçando as ações nas rodovias federais de forma estratégica no combate ao crime organizado. Ocupando posições geográficas estratégicas na América do Sul, esses estados fazem fronteira com Paraguai e Bolívia, países reconhecidamente responsáveis pela fabricação e fornecimento de drogas para Brasil e outros países do mundo.

Até o dia 7 de junho, no Paraná, agentes da PRF apreenderam 738,7 quilos de maconha e aproximadamente 900 mil carteiras de cigarros contrabandeados. As ações estão sendo concentradas na região de Guaíra (PR), onde agentes contam com um policiamento orientado pelo serviço de inteligência, apoio de aeronave e cães farejadores, fazendo com que o combate ao tráfico de drogas e a entrada de ilícitos no Brasil seja mais intensificado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Em uma das ocorrências, na última quarta (3), agentes, em patrulhamento aéreo, localizaram uma embarcação com 376,5 quilos de maconha, mas o condutor conseguiu fugir. Em outra ocorrência, na sexta (5), 305,5 quilos de maconha foram apreendidos em um Ford Edge que capotou durante uma perseguição, em Alto Paraíso (PR). O motorista foi preso. Em apenas duas ocorrências, cerca de 900 mil carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai, avaliados em cerca de R$ 4,5 milhões, foram apreendidos, nesta fase da operação, que ainda está em andamento.

Portal Guaíra com informações da PRF