Foto: Reprodução/ Umuarama News

Daniele Crivelli, de 22 anos, acusada de assassinar a golpes de faca, em 2017 no município de Tapira, a namorada Tauana de Aguiar Vitti, de 23, foi condenada pela Justiça a 17 anos de prisão em regime fechado.

A jovem ficou mais de dois anos foragida e foi localizada por policiais civis de Cidade Gaúcha, em novembro de 2019, na casa de uma irmã em Umuarama. A ação contou com o apoio de uma equipe da 7ᵃ SDP.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Feminicídio
Segundo as investigações, a acusada mantinha um relacionamento amoroso com a vítima e a matou com golpes de faca após um suposto desentendimento.

O corpo de Tauana foi encontrado na zona rural de Tapira.

Portal Guaíra com informações do Umuarama News