[dropcap color=”#dd3333″]I[/dropcap]lesa, mas muito abalada, uma mulher acionou o 25° Batalhão da Polícia Militar na madrugada de segunda-feira (8).

Ela relatou ter sido rendida na casa dos pais, em Paranavaí, e obrigada a dirigir o próprio veículo por aproximadamente 150 quilômetros, sendo libertada em Umuarama.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A vítima informou que os familiares foram trancados em um dos cômodos da residência e que os raptores não levaram o carro, apenas o aparelho celular.

Parentes vieram a Umuarama para auxiliar a mulher, que alegou não ter condições para dirigir de volta.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Portal Guaíra com informações do OBemdito