Carli Filho é acusado pela morte de Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Souza
ad

[dropcap color=”#dd9933″]O[/dropcap] MP-PR (Ministério Público do Paraná) anunciou na segunda-feira (5) que entrou com um recurso na Justiça pedindo aumento de pena de Luiz Fernando Ribas Carli Filho.

O ex-deputado estadual foi condenado no Tribunal do Júri de Curitiba a 9 anos e 4 meses de prisão por duplo homicídio com dolo eventual pelas mortes, em 2009, de Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Almeida.

De acordo com o MP-PR, a Justiça deve agora analisar se receberá ou não o recurso interposto e, em caso positivo, remeter os autos para que a Promotoria de Justiça de Crimes Dolosos Contra a Vida apresente, em até 8 dias, as razões e argumentos para a revisão da pena.

No momento, Carli Filho segue em liberdade até que o TJ-PR (Tribunal de Justiça do Paraná) julgue todos os recursos. Caso a pena seja confirmada, o ex-deputado será imediatamente colocado em custódia.

A defesa já anunciou que também irá recorrer da decisão, mas não informou qual deve ser o caminho escolhido.

Portal Guaíra com informações da Banda B


CLINICA SALUTAR